home fale conoscoCUT-DF
Untitled Document
Visitante nº
Untitled Document

 

 

Voltar

14/04/2011 - Construindo Políticas Públicas para as Mulheres

 

Secretaria da Mulher realiza debate com representantes de movimentos sociais para elaboração de políticas públicas relacionadas às questões de gênero

A Secretaria da Mulher do Distrito Federal realizou, nesta terça-feira (12/04), o Seminário Construindo Políticas Públicas para as Mulheres. Na ocasião, foram apresentadas as diretrizes para que a Secretaria possa efetivar políticas que traduzam a realidade e as necessidades das mulheres no DF, sem perder de vista a articulação com os parâmetros já estabelecidos no II Plano Nacional de Políticas para as Mulheres.
 
A primeira-dama Ilza Queiroz esteve no seminário e fez questão de destacar seu envolvimento com a causa durante seu discurso na abertura do evento: "Nós assumimos grandes responsabilidades: somos mães, esposas... Sou médica e acompanho há anos a luta das mulheres para conquistar respeito". 
 
Para a secretária da Mulher do DF, Olgamir Amância, “a emancipação social só será obtida por meio da emancipação das mulheres e esta sempre foi uma preocupação do governador Agnelo Queiroz, que deu uma demonstração clara da importância deste tema ainda no primeiro dia de governo, criando a Secretaria de Estado da Mulher”.
 
O seminário contou com o apoio da Secretaria de Educação. "O tema 'mulher' é transversal, pois também está presente na educação. Quando pensamos em criar creches, por exemplo, estamos pensando na mulher. Esse benefício possibilita que ela possa ser cidadã, permite que a mulher viva, tenha lazer ou cuide de si mesma", disse a secretária Regina Vinhaes.
 
Representantes de movimentos sociais ligados aos direitos das mulheres discutiram os principais temas da Conferência de Mulheres do Distrito Federal, que será realizada no segundo semestre de 2011. “A realização desse seminário é uma forma de construir uma interlocução com os movimentos sociais, é a largada desse processo. O nosso objetivo é construir outros espaços de interlocução para consolidar essa política de forma mais ampla possível. Estou muito contente, pois trata-se de um marco na construção das políticas públicas para as mulheres. É um momento histórico. Queremos dar voz àquelas de uma forma ou de outra são prejudicadas”, acrescenta Olgamir.
 
A deputada Distrital Rejane Pitanga (PT) comemorou a decisão do governo de criar a Secretaria da Mulher: “Tínhamos uma ausência total de políticas públicas para mulheres, um alto índice de desemprego, exclusão social. A secretaria da mulher é resultado dessa luta. Nossa luta em relação à violência contra as mulheres será diária".

Fonte: Agência Brasília de Notícias

 

Publicado em

11/08/2014
Radialista consegue reconhecimento de dois contratos com entidade religiosa

SINDICATO DOS RADIALISTAS DO DF:

Uma voz em defesa dos direitos e conquistas de toda a categoria.
Fortaleça a sua Entidade de Luta. Filie-se já! 

SCS Qd. 06 Ed. Arnaldo Villares Sls 518/21
Asa Sul - Brasília/DF - Cep: 70300-968
Tels: (61) 3226-8751 / (61) 3322-5145